Pequenos aquecedores elÉtricos do tipo termoventilador

Todos os pequenos aquecedores elétricos de ambiente se baseiam em resistências elétricas e no calor que estas produzem aquando da passagem de eletricidade por elas.

Não há neste sentido nenhuma diferença substancial, a nível dos pequenos aquecedores elétricos de ambiente. A tecnologia de base é a mesma.

Mas na prática há diferenças que interessa considerar, e uma delas é o da termoventilação.

Vantagens dos termoventiladores

Os pequenos aquecedores elétricos podem vir equipados com um ventilador (ventoinha), o que tem naturalmente oferece vantagens mas também desvantagens.

As ventoinhas pode também ajudar a afastar o ar quente do interior e das imediações do aparelho, o que viabiliza a produção de aparelhos mais pequenos, sem problemas de sobreaquecimento.

A pequena quantidade de eletricidade usada pela ventoinhas dos pequenos aquecedores também não é problema sob o ponto de vista energético e de eficácia; isso corresponde também à criação de calor. Os pequenos aquecedores elétricos são todos 100% eficientes sob o ponto de vista estrito da transformação de eletricidade em calor.

termoventiladorOutra função das ventoinha/ventilador é ajudar o ar a passar nos elementos de aquecimento do aparelho, ou a distribuir o ar quente por toda a divisão, ou a focar o calor na direção das pessoas (aquecimento radiante). E são estas últimas facetas que os termoventiladores exploram ao máximo.

Os termoventiladores com boa capacidade têm ainda a vantagem de fornecerem no imediato um fluxo substancial de ar quente, direcionado para o utilizador ou utilizadores. Ou seja: eles permitem um aquecimento rápido e focado. Frequentemente eles são usados por curtos períodos, apenas durante o tempo necessário para aquecerem os seus utilizadores. E se é isto que pretende dos pequenos aquecedores, então os termoventiladores são uma boa opção para si.

Desvantagens dos termoventiladores

Os termoventiladores nunca poderão ser silenciosos, e não têm como objetivo o aquecimento da divisão como um todo; e com o tempo eles podem tornar-se bastante ruidosos.

Outra possível desvantagem é o seu elevado consumo elétrico e o facto de recircularem poeiras e alergénios a nível da divisão onde estão instalados – um problema especialmente graves para pessoas propensas a alergias e para asmáticos e pessoas com problemas respiratórios.

Escolha de pequenos termoventiladores

Em resumo: todos os pequenos aparelhos elétricos de aquecimento de ambiente partilham a mesma tecnologia de base, e as suas vantagens e desvantagens são sempre muito relativas; mas há pormenores – como o tipo de distribuição de calor, a rapidez e o volume de ar que é movimentado, ou questões como o barulho, a recirculação poeiras e alergénios, que há que ter em conta.

Tal como há que prestar atenção a pormenores de fabrico e qualidade (a garantia pode ser importante; procure aparelhos com a garantia mais alargada possível).

Considere também aparelhos com termostatos, com seletores de temperatura e de potência e com proteção contra sobreaquecimento e queda (elementos que são cada vez mais comuns e banais em todos os aquecedores).

Outras facetas a ter em conta a nível de pequenos aquecedores

E considere igualmente outras facetas do aparelho, para além do facto de ele ser do tipo termo-ventilador ou não.

Considere, nomeadamente o tipo de aquecimento que eles facultam: do tipo radiante (focalizado no aquecimento das pessoas no seu raio de ação) ou do tipo convectivo (aquecedores desenhados para aquecer o ar ambiente e para proporcionarem temperaturas consistentes a nível das divisões). Ver: Pequenos aquecedores cerâmicos e a óleo e Aquecedores de parede.

E considere as grandes alternativas aos pequenos aquecedores elétricos. Ver Guia do Aquecimento Elétrico

 

 

 

Top or Home PageConteudo relacionado
Contents Topo .... Inicio