Resfriamento evaporativo

Toda a gente o sabe: em tempo seco, os espaços à volta de fontes e tanques de água são mais frescos no verão, devido à evaporação de água.

Essa evaporação absorve largas quantidades de calor, o que reduz as temperaturas do ar ambiente. E é este princípio que está na base das estratégias e dos aparelhos de resfriamento evaporativo.

Trata-se de uma via de climatização bastante efetiva sempre que os níveis de humidade forem baixos (70% ou menos), podendo para o efeito ser utilizados aparelhos chamados resfriadores evaporativos, ou alternativamente tanques, piscinas interiores ou outros elementos envolvendo a água.

Uso de piscinas, tanques, fontes… em pátios sombreados

Estruturas com água – tanques, fontes, cascatas de água, piscinas – bem localizadas (e suficiente próximas de janelas ou outras aberturas do edifício) podem ser uma fonte de ar mais fresco, em climas secos.

Estes procedimentos são sobretudo usados em pátios com altos níveis de sombra (a sombra é essencial). Nalguns casos podem mesmo ser usados aspersores para borrifar com água os telhados e a atmosfera.

Algumas destas estratégias requerem montantes apreciáveis de água, o que pode ser problemático nos climas secos (onde à partida estes métodos são realmente vantajosos).

Trata-se, por outro lado, de sistemas que embora relativamente fáceis de implementar sob o ponto de vista técnico, dependem sempre das situações concretas do edifício e dos seus enquadramentos, e dos seus níveis de sombra e ventilação.

O método mais fácil de se beneficiar do arrefecimento evaporativo passa por aparelhos especificamente desenhados para o efeito. Eles são relativamente baratos quer em termos de custo inicial quer de custos operacionais: os resfriadores evaporativos

resfriaador evaporativoResfriadores evaporativos

Os resfriadores evaporativos estão desenhados para captar ar exterior por via das suas pás embebidas em água (algo que filtra e arrefece o ar) e para injetar esse mesmo ar no interior do edifício - o que por seu turno “expulsa” o ar interior mais quente.

Eles são na sua essência, um grande ventilador (ventoinha) associado a uma bomba de água (daí o seu preço relativamente barato).

Nota:
Embora muito comuns na América do Norte, os resfriadores evaporativos são praticamente desconhecidos no mercado brasileiro e português.

Tipos de resfriadores evaporativos

Os resfriadores evaporativos mais tradicionais são equipamentos poderosos, comparáveis aos sistemas centrais de ar condicionado.

resfriador evaporativo de janelaEles são capazes de substituir todo o ar ambiente de um edifício em poucos minutos (a sua potência permite substituir todo o ar ambiente de um edifício 20 a 40 vezes, numa hora). A sua capacidade situa-se na ordem dos 10.000 – 25.000 MCM (Metros Cúbicos por Minuto)

Embora existam outros resfriadores evaporativos de pequeno porte e móveis (3.000 – 4.000 Metros Cúbicos por Minuto), em função do arrefecimento de uma única divisão, eles podem não ser suficientemente eficazes.

Para mais pormenores técnicos ver este documento da Universidade de Taubaté, Brasil

Vantagens e limitações

Tenha em conta as vantagens mas também as limitações destes sistemas.

Os resfriadores evaporativos podem ser bastantes eficazes e os seus custos significativamente mais baixos: da ordem de 1/3 ou 1/4 dos aparelhos de ar condicionado, tanto na compra como nos custos elétricos operacionais.

Por outro lado facultam um arrefecimento rápido e saudável, mas não são minimamente eficazes em tempo húmido e requerem uma manutenção regular (mensal) ainda que muito básica.

Além disso são sistemas em estreita ligação com o exterior, ou seja, requerem um sistema de ventilação feito por aberturas ou, alternativamente, por… janelas abertas. Algo que pode colidir com outras estratégias de climatização, ou que pode não ser viável em muitos casos..

Eles podem envolver sistemas de condutas embora não necessariamente, desde que os espaços dos edifícios sejam suficientemente abertos de modo a permitirem a circulação de ar.

O dimensionamento destes aparelhos é uma questão crucial; o sobredimensionamento ou subdimensionamento, ou a falta de adequada ventilação, põem irremediavelmente em causa a eficácia destes sistemas.

 

 

 

Top or Home PageConteúdo relacionado
Contents Topo .... Inicio