Guia de escolha de Janelas eficientes

Necessitamos da luz, da ventilação e do contacto com o mundo exterior que as nossas janelas nos dão.

Mas isso tem normalmente um custo, que pode ser bastante elevado. As janelas são o ponto térmico mais fraco das nossas habitações e outros edifícios.

Uma parte significativa dos ganhos e perdas de calor indesejados - a nível do espaço interior das nossas casas - tem como causa as nossas janelas.

Janelas e gastos em climatização

O tamanho, o posicionamento, o tipo de vidro e de esquadria/caixilhos são pormenores particularmente importante em estratégias de redução de gastos energéticos.

São áreas a equacionar cuidadosamente, em novos edifícios. Os gastos em climatização podem ser drasticamente reduzidos por via de janelas de baixo consumo energético, adequadamente dimensionadas e protegidas dos elementos.

Infográficos:
Janelas e ambiente
Janelas, consumo de energia e centrais atómicas
Janelas eficientes, mais conforto
Poupe com janelas eficientes

Poupanças via janelas eficientes


Pode utilizar o infográfico acima no seu site ou blog.
Para tanto copie o código que anexamos na caixa ao lado, e cole-o no lugar pretendido do seu site.

Janelas e impacto ambiental


Pode utilizar o infográfico acima no seu site ou blog.
Para tanto copie o código que anexamos na caixa ao lado, e cole-o no lugar pretendido do seu site.

Mais infográficos sobre janelas eficientes: Infográficos empresas janelas eficientes

Escolha de novas janelas

Considere cuidadosamente a escolha das suas novas janelas. A oferta disponível diverge imenso.

O facto de uma janela ser de vidro duplo ou triplo não significa que ela seja uma boa janela, eficiente energeticamente. As características térmicas dos vidros podem variar, tal como o material de enchimento (entre os painéis de vidro) ou o material que forma as esquadrias/caixilharias e questões de selagem e reforço térmico; e são todas estas variáveis que vão determinar o conforto térmico que as janelas proporcionam (ou não)..

A escolha das janelas deve ter em conta fatores climáticos, o lado do edifício em que elas se situam (em relação ao sol) e enquadramentos externos.

Ver:
Elementos de uma janela e a sua qualidade
Etiquetas energéticas de janelas
Coeficientes energéticos de janelas e questões de clima
Tamanho e posicionamento das janelas
Vale a pena substituir janelas ineficientes?
Janelas e níveis de iluminação

Tipo de janelas

Há janelas de correr, de abrir/abertura lateral, to tipo guilhotina, de tombar, janelas projetantes e pivotantes, janelas fixas, janelas salientes (bay-windows).

Em muitos casos a escolha por um ou outro tipo de janela é uma questão basicamente estética. Mas também pode ser uma questão funcional e térmica, que há que ter em conta. Há janelas que tendem a ser particularmente ineficientes (as bay-windows), e outras que podem ser excelentes para efeitos de ventilação natural e de proteção térmica (sem dúvida o caso das janelas de abertura lateral).

Ver:
O tipo de janelas (abertura)
Janelas de correr vs. Janelas de abrir

As janelas com esquadrias/Caixilharia de alumínio e aço são termicamente pouco eficientes

O material das esquadrias/caixilhos das janelas conta muito em termos de eficiência energética. O alumínio, por exemplo, é um excelente condutor térmico, o que é péssimo em termos de eficiência energética. Mesmo os perfis de alumínio com rutura térmica (corte térmico) de poliamida ou outros materiais podem ser uma má opção.

Ver: As esquadrias - caixilhos - das janelas

Janelas de fibra de vidro (incomuns no Brasil e em Portugal) e PVC são mais caras, mas podem ser bastante melhores termicamente. Não se deixe seduzir pela questão do preço: o barato sai caro. As janelas são frequentemente a principal fonte de desconforto térmico, de altas faturas de energia e têm um fortíssimo e muito negativo impacto ambiental.

Proteja as suas janelas

Queremos que as nossas janelas nos forneçam luz e ventilação mas também protecção em relação ao calor solar e ao frio. E isso é obviamente difícil de obter. Mesmo as melhores janelas, adequadamente dimensionadas e posicionadas, não nos podem garantir tudo isso, sem adequada proteção.

As janelas devem ser adequadamente protegidas nos períodos de tempo quente, através de adequado sombreamento, por via de lajes, de varandas projetadas, de arbustos e árvores, de persianas, toldos, telheiros, etc. E adequadamente protegidas de ventos frios, for via de adequado enquadramento, quebra-ventos, persianas ou outros mecanismos.

Películas metálicas (filmes) para janelas

É uma das boas formas de proteger as suas janelas, sempre que as contas do ar condicionado forem altas e a eficiência das janelas baixa. O investimento é baixo e as poupanças podem ser muito altas.

Ver:
Películas para vidros de janelas

Janelas para climas com invernos frios

Em climas com invernos frios, as janelas podem combinar com soalhos escuros e paredes interiores com elevada massa térmica, de modo a que esses mesmos soalhos e janelas interiores possam armazenar calor solar.

Ver: Estratégias com Alta Massa Térmica

Cuidado com as venezianas/Persianas/Portadas e as Caixas de estore das janelas

As caixas de estore e as venezianas/persianas/portadas podem ser veículo de perdas e ganhos de calor indesejados. Tenha-o em conta.

Ver:
Venezianas, portadas e eficiência das janelas

Isolamento e selagem de caixas de persianas - estores

Janelas & ventilação natural

Janelas basculantes e sobretudo janelas de abrir (de abertura lateral) são a melhor opção para captar e redirecionar brisas, em estratégias de ventilação natural. Tenha-o em conta. As brisas podem ser um importante elemento de climatização de edifícios.

Ver:
Janelas de correr vs. Janelas de abrir

Calafetagem e selagem de janelas

Tenha em conta as correntes e infiltrações indesejadas de ar por via de pequenas aberturas e espaços associados a janelas.

Ver:
Calafetagem das janelas de correr e abrir
Materias de calafetagem de janelas
Vedantes e espumas para isolamento à volta das janelas

 

 

 

Topo .... Início